ESPORTE NO MUNDO CORPORATIVO

Daniel Caputo sensei

Viver no país do futebol tem trazido uma realidade cada vez mais comum às grandes empresas: a aproximação de ex-atletas profissionais ao mundo corporativo. Eu sou um desses casos e deixei isso bem claro na minha entrevista, não como forma de me “justificar” e sim mostrando o quanto da minha vivência no mundo esportivo me trouxe skills necessários para me tornar uma peça importante na empresa.

Dojoweb ferramenta de gestão

Diversos ex-atletas e treinadores já fazem muitas palestras em diversas empresas sobre como traçar um paralelo entre o esporte e o mundo corporativo. Só que uma coisa é uma personalidade entrar na empresa, falar durante uma hora e meia, passar sua mensagem motivacional e sair. Outra é você ter ou ser um ex-atleta e ter que mostrar dia após dia que você se encaixa na função. E acreditem: é mais fácil do que parece. No livro “Transformando suor em lágrimas”, Bernardinho (ex-técnico da Seleção Brasileira de Vôlei) já fala bastante sobre o assunto e de como esses mundos são próximos. Eu sou suspeito, pois uma das primeiras coisas que aprendi na Faculdade de Educacão Física e SEMPRE levei para minha vida pessoal, foi a importância da multidisciplinariedade. Ninguém é uma ilha, ninguém “se basta”. Aprender algo sobre outras áreas não é mais um diferencial, é algo básico a qualquer um que deseje ir além de ser um funcionário mediano.

47ece24b-2d87-4e2c-a7b1-121bac8afc97

“Competitividade”, “teamwork”, “sair da zona de conforto” são termos já saturados em qualquer ambiente de trabalho. Você não precisa ter sido atleta profissional para ser competitivo, não precisa ter jogado em uma equipe para saber o valor do espírito coletivo e não precisa ter tido um treinador exigente para saber o que é sair da zona de conforto. Se falarmos em número gerais, o atleta vivenciou isso mais do que quem nunca competiu? Provavelmente sim. Mas isso não quer dizer que pessoas não possam ter esses atributos sem terem sido atletas. Eu mesmo conheço atletas que aceitavam facilmente suas derrotas e vendedores que não se conformam em não bater uma meta e tentam a todo custo reverter a situação desfavorável. Então qual o diferencial do ex-atleta? Ser competitivo, ter espírito de equipe e sair da zona de conforto não te garante resultado. São apenas um primeiro passo para se começar uma longa jornada.

Existem cinco pontos que acredito serem qualidades que o esporte pode agregar no mundo corporativo.

  1. Adaptabilidade em ambientes desfavoráveis;
  2. Objetividade para solucionar problemas em curto espaço de tempo;
  3. Reinventar-se constantemente;
  4. Análise de estratégias dos concorrentes;
  5. Foco irrestrito no resultado final;

Se um atleta não tiver internalizado esses pontos citados acima, não alcança o topo. Não é uma opinião, é um fato. Ele pode até se tornar um bom atleta, mas dificilmente alcançará a excelência, que é foco e o objetivo de todo atleta de alto rendimento. Nos próximos artigos, vou esmiuçar cada um desses tópicos, começando hoje pelo primeiro ponto:

  1. Adaptabilidade em ambientes desfavoráveis:

Campeonato Panamericano de Karate WKC 2003. Buenos Aires, Argentina. Final do kumite (luta) por equipes. Brasil x Argentina. No desfile, com cerca de 1.500 pessoas no ginásio, nossa equipe foi ofendida, ameaçada e até vítima de arremesso de objetos no trajeto entre o vestiário e a área de luta. Éramos 3 atletas. Nem nossos amigos na arquibancada se sentiram seguros em reagir a tanta pressão vinda das arquibancadas, afinal éramos 30 brasileiros no total, contra 1.500 na torcida. Porém como falei com nossa equipe, a pressão deveria ficar na arquibancada. Não deveríamos cometer o MAIOR erro de atletas brasileiros em qualquer esporte: usar isso para “se motivar”. Não é disso que trata. Como capitão, o que pedi foi o contrário: “se divirtam”, eu falei. Afinal, era um momento único que vivíamos. Uma final na casa dos “hermanos” contra eles! Quem nunca sonhou com isso? A função da torcida é essa: gritar para tentar desestabilizar pelo barulho, pelo medo ou pela raiva que quiseram que sentíssemos na hora.

uniforma de karate com qualidade internacional
“KIMONOS” COM QUALIDADE E PREÇO BAIXO SOMENTE NA TOWAKAI

A nossa função era básica: lutar como vínhamos lutando há 2 dias. A diferença do atleta de alto nível para o amador é essa: em momentos de turbulência, ele se mantém calmo e concentrado. Seu coração bombeia mais sangue e sua visão fica focada no que importa. Nas empresas, em determinadas áreas, também é assim. A função de alguns é cobrar, te pressionar, até mesmo como forma de avaliar até onde você pode entregar. Ninguém é reconhecido no marasmo. Marinheiros fazem seu nome nas tempestades, bombeiros nos grande incêndios e atletas nas grandes finais. E você? Já parou para refletir e avaliar qual é o grande momento no seu trabalho? Uma audiência decisiva? Uma reunião para concretizar uma grande venda? Um fechamento contábil? Independente da sua área de atuação, todo trabalho tem um GRANDE dia. E no fim das contas, são para esses dias que você realmente se prepara.

0f973983-081c-4375-af1d-c513355cdc09Então pare e pense, se você trabalhou duro e se dedicou para estar apto para esse dia, se é esse o momento que você tanto esperava, qual é a razão para você não estar SUPER ANIMADO? Nenhuma. Esse é seu dia, seu momento, sua hora! Encha o peito de ar, foco em bons pensamentos e faça aquilo que você está PRONTO para fazer!

Enjoy!

Ossu!

Caputo sensei
Faixa Preta 5º Dan CBK

Um comentário sobre “ESPORTE NO MUNDO CORPORATIVO

  1. Gostaria de falar sobre a minha experiência no Japão, no Hobo Dojo da Jka, inclusive meu exame de faixa que fui reprovado depois de preparar por dois anos e estar entre os professores e atletas que Maia se destacaram durante meus 43 anos de dedicação a está arte marcial tão sagrada!

    Curtir

Deixe sua opinião por favor. Oss!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s