MUNDIAL KWF – Brasileiro é campeão

17155546_1297388513661175_3984009775685288238_n

No último fim de semana tivemos vário eventos no mundo do Karate, e entre eles o destaque vai para o Mundial da Karate No Michi (Karate World Federation), organização de karate shotokan criado por Mikyo Yahara sensei, um dos mais famosos mestres de karate shotokan do Mundo.
Yahara sensei mesmo tendo que usar cadeira de rodas por conta de uma cirurgia, esteve em todos os momentos do evento, esbanjando simpatia e conduzindo o seminário.

A competição foi na Ilha de Malta, a maior das 5 ilhas da República de Malta, localizada no Mar Mediterrâneo, um paraíso na Terra.

A competição acontece a cada 2 anos, e como sempre com a participação de diversos Países dos 5 continentes, entre eles o Brasil que tem como representante Felipe Martins sensei, 6º Dan.
Além dos filiados, esse ano o evento contou com a participação da WTKF (World Traditional Karate Federation), convidados por Yahara sensei.

Este mídia kit é para todos os programas que iremos fazer sobre o dia do karate neste mês em Okinawa. Qualquer duvida pode entrar em contato pelo whatsapp. Obrigado. Ossu!
Parte da equipe Brasileira com yahara sensei

O resultado oficial da competição ainda não foi divulgado e estamos esperando ser publicado na pagina oficial da Karate No Michi em Malta, mas já sabemos que o campeão de kumite na categoria acima de 50 anos é o brasileiro Diogo Yoshida, aluno do mestre Sadamu Uriu do Rio de Janeiro, diretor técnico da JKS e atleta da seleção brasileira da KWF ( Karate No Michi).  Diogo sensei mostra que siglas não são barreiras para quem realmente ama karate.

Essa é a segunda vez com a medalha de ouro dessa categoria  é conquistada por um brasileiro num mundial da KWF, e isso mostra a qualidade da organização no Brasil.

Outros atletas brasileiros como Manoel Guedes, Raul Tabares, Aline Cristina Ana Luiza Oliveira participaram da competição e com um bom aproveitamento.

Uma das novidades na edição deste ano foi a inclusão das técnicas de Enpi ( cotoveladas) e Tsuzuki ( cabeçada) nas regras de kumite.  Yahara sensei decidiu incluir tais técnicas com o objetivo de resgatar mais ainda o karate arte macial, umas das premissas da KWF.  Acredito que com o passar do tempo, os atletas irão adaptar bem essas técnicas no kumite de competição e deixar mais dinâmica as lutas.

Outro ponto alto aconteceu no seminário onde Malcoml Dorfman sensei, ( KWF Africa do Sul), obteve a graduação de 9º Dan na organização através de  exame , se tornando o mais graduado na KWF, até mesmo  mais do que Yahara sensei.  Dorfman sensei faz parte do Shihankai da Karate No Michi, atual assistente/chefe instrutor e o segundo na ordem da organização.

Karate No Michi Brasil
Karate No Michi Brasil

A KWF Brasil está de parabéns pela comitiva e os resultados alcançados nesta edição, em 2019 nosso site espera poder acompanhar de perto a 9º edição do evento, ainda sem data e local definido, e com a participação de Daniel Pinto ( 3º Dan KWF ) entre os atletas participantes.

Parabéns à Karate World Federation.
Ossu!

 

 

 

Deixe sua opinião por favor. Oss!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s