KARATE NEWS # 23 – 14/01/2013

O karate em notícias

Com Roberto Sant’anna,Tiago Frosi e Pinto San

 

WKF libera uso de véus por muçulmanos

-Professor de karate do Pará acusado de agredir alunos em treino.

Lyoto treina BJJ com campeões mundiais  

Download melhor qualidade 192 kbps –66Mb [45:53 min]

Ajude a compartilha!  Clica nesses botões ai em baixo.

Anúncios

Sobre Pinto San

Estudante de karate há quase 20 anos, amante da cultura japonesa desde os 8 anos de idade e viciado em lámem. Casado com Priscilla Pinto ( filha de japonês), decidimos vir para o Japão pra levantar uma grana trabalhando nas terríveis fábricas japonesas, e treinar muito karate. Treino em um pequeno Dojo no interior do Japão, mas todos os anos em embarco em aventuras pelo país/ilha, procurando os melhores dojo de shotokan para aprender mais karate. Meu objetivo é simples, ser o melhor karateka do mundo! Claro que isso é impossível, mas no fim das contas o mais importante mesmo é a jornada.

Publicado em 22/01/2013, em KARATE NEWS e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 25 Comentários.

  1. Esse lance de liberarem o véu é complexo demais. No geral, espero que não atrapalhe.

    Curtir

  2. Felipe Andrade. Arraial do Cabo-RJ

    lyoto tem que tá é com a mão de pedra pra furar aquele couro de jacaré do hendo

    Curtir

  3. Chega a ser interessante, tudo no karatê remete ao respeito. Respeito ao uso de véu, pois a medida que é algo religioso que deve ser respeitado a tradição do karatê também. Quanto ao professor, treinar pesado mas com respeito ao colegas de treino e aos alunos.
    E ao Lyoto, o representante do karatê e do respeito que mais admiro!

    OSS!
    Yan Ferreira de Alencar,
    18 Anos – Juazeiro do Norte,CE

    Curtir

  4. Valeu a força o Guy, mas.. que dificuldade hein, vamos dar uma força pro francês pegar o jeito hehehe

    Curtir

  5. No caso do véu, esse hábito já é comum em dojos localizados em países de maioria muçulmana e talvez seja até comum em lugares com os Estados Unidos, Canadá,etc.

    Acredito que é uma situação delicada, mas sem exageros, acho que é válido; por mais que o Karate seja japonês, ele sempre irá adaptar-se a outras culturas, e na minha opinião, se for apenas adaptações que não o descaracterizem como Karate, por mim tudo bem.

    Nos Dojos japoneses existem o kamidana, enquanto que no ocidente nem todos aderem a esse costume, mas em coisa alguma modifica o karate, mas se retirar o reigi do treinamento e subsitituir pelas regras de conduta escritas do Alcorão, aí teremos problemas.

    Com flexibilidade, sem exageros, mantendo o equilíbrio ao fazer essas adaptações, tudo flui bem.

    Para quem curte:

    Curtir

  6. Oss! Essa questão d/ religião deve ser respeitada + nesse caso a cultura (nipon) ñ deve ser excluida… Em caso d/ crianças (menores), os pais são responsáveis em tirar a limpo a veracidade do profissional onde seus filhos irão ficar expostos p/ ñ terem dores d/ cabeça no futuro…

    Curtir

  7. 2º caso: Professor malvado.

    Não defendo esse professor, pois o cara, além de estelionatário ( aqui no RJ aparece muito disso no Karate e artes marciais em geral, e de sujeitos famosos, infelizmente ),não sabe dosar um treino; para adultos veterenos do Karate é um ritmo, para crianças é outro.
    O vídeo mostra que seus alunos (no caso das crianças ) não aguentam esse tipo de treino, e o sujeito acha que está treinando fuzileiros navais, estilo cobra Kai “never die!” rsrsrs

    Mas a reportagem mostrou outros alunos treinando kumite, nem tão pesado assim, alunos GRANDES, não crianças, com protetores de cabeça, luvas e caneleiras, e o vídeo mostra um aluno caído depois de levar um soco na barriga durante o kumite, como se isso fosse terrível e incomum em treinos, isso enquanto a repórter narra com som ao fundo de filme de terror!

    Minha opinião: o cara errou, mas foi devido, principalmente ao estelionato, coisa de bandido, e ao treinar incorretamente crianças, no restante do treino não vi nada demais.

    Uma coisa curiosa: crianças, adolescentes e adultos se arrebentam em escolinhas de futebol e gramado sintético, mas todos acham normal, mesmo quando os filhos ganham uma banda-rasteira-voadora, todos acham normal, e as crianças de 10-11 anos vivem se ralando e tomando pancada nesses clubes de futebol. HIPOCRISIA.

    Também em outras modalidades como MMA/Jiu-Jitsu/Muay Thai, geral vive se machucando mesmo com proteção, e o contato costuma ser maior, mas todos acham normal, só o Karate mesmo que virou esporte-terapia, no qual os golpes são matrix-virtuais e se você espirrar catarro em alguém, já é processado.

    Como já afirmei, NÃO ESTOU DEFENDENDO ESSE SUJEITO, mas houve exagero nessa reportagem, bem tendenciosa.

    Teve até cara falando que, com proteção, ninguém se machuca! somente na terra do Karate virtual, aonde em shiai kumite a sombra marca ippon.

    Cada um que ache como quiser, eis o vídeo para quem desejar conferir:

    Curtir

  8. Esqueci de postar informações sobre o professor : JOHNY SANTA ROSA

    Facebook: http://www.facebook.com/johny.santarosa

    Blogspot: http://karateshinhagakure.blogspot.com.br/search?updated-max=2012-04-25T20:02:00-03:00&max-results=5

    Esse karate shin hagakure, é uma versão brasileira do estilo Cobra Kai???

    Uniforme preto, porrada em pré-adolescentes sem dó, pois não aceitam fracos, o sensei é militar, tal como o John Kreese!

    ” COBRA KAI!” “NEVER DIE!” foda! rsrsr

    Curtir

  9. Que imenso prazer escutar você, sensei Guy. Depois de tantos anos de karateca.net, finalmente o sensei aparece aqui no blog!

    Quanto ao véu: exemplo de bola de neve: vou criar uma “religião” que, quando aparecer uma moça no dojo, preciso apertar seus seios, pois tal ato caracteriza uma homenagem ao “deus apertador”. Gostei do que vocês disseram: dentro do dojo, todo mundo é karateka. Fora do dojo, cada um é um.

    Quanto à violência do professor do Pará: minha filha tinha 8 anos quando fêz o exame de faixa da amarela para a verde no Tae-Kwon-Do no Rio, num exame cuja presidência foi
    realizada pelo mestre Kim. Havia uma parte do exame parecida com o nosso ippon kumite. Ela fêz com um menino de 12 anos. Ele derrubava ela e pisava no pescoço dela. Assim que dava o golpe, na pequena menina franzina, o menino, gordo e grande, olhava para o pai, ria e o pai fazia “joinha” pra ele. Ela me olhava e eu dizia para ela aguentar calada. Chegou a vez dela. E ela aplicou todos os golpes que ela conhecia, impressionando-me por lembrar-se em meio a tal pressão. A cada golpe que o gordinho aplicava ela derrubava-o, chutava-o e aplicava toda a sequência de forma perfeita. Até o mestre Kim veio olhar pra ver como ela fazia de forma tão bem realizada. Ao final, ela fêz a saudação, séria, rígida e, saindo da área de luta, veio, chorar nos meus braços. Mestre Kim veio entregar pessoalmente a faixa para ela.
    Qual a diferença deste caso para a violência citada no caso? A agressão vinha de um companheiro de luta. Não do mestre, que deveria ser o grande mediador, o educador.
    Luta com dois: acreditem se quiser, o karatê shobu-ryu usou muito isso quando foi criado. É uma idéia interessante.

    Quanto ao MMA: eu tenho uma opinião sólida sobre o seguinte: MMA é tudo. O lutador jovem, saudável, com sangue nos olhos, que não topa desafiar a si próprio em um torneio, com regras mínimas, poderá passar o resto da vida amargando a vontade de imaginar o que é testar-se frente a um outro lutador experiente desta forma, sem shiai, MMA puro. Todo o karateca jovem, antes de pegar preta, deveria fazer pelo menos três lutas de MMA.

    Quanto à luta do Lyoto: Dan Henderson está na descendente. Não vejo com ansiedade esta luta do Lyoto com ele. Lyoto PRECISA vencer Henderson para imaginar-se
    alguém digno de desafiar novamente o fenômeno do MMA moderno.

    Hoje me empolguei. O karatêkast está parecido com os velhos tempos: mesa redonda… 45 minutos!

    []´s
    BigBoy

    Curtir

  10. Rommel Targino Mussa Asfora

    Qualquer curso feito após a graduação é uma pós-graduação!
    No caso, especialização é lato sensu, e o mestrado é uma pós-graduação stricto sensu.

    Rommel Targino Mussa Asfora
    Graduado em História – UNICAP
    Pós-graduando em História do Nordeste do Brasil – UNICAP

    Curtir

  11. Alex Araújo - Santa Cruz RN

    Sobre o profº de karatê, é um assunto que deve ser bastante discutido, pois no país com certeza acontece muito isso. Mas sabemos que a grande maioria é formada de profissionais sérios e com caráter.

    Curtir

  12. Oss. Venho manifestar a respeito do Sensei do pará, sou extremamente contra a violência ainda mais quando se trata do sensei contra os alunos, sendo eles menores ou não, certamente o sensei tem mais conhecimento e se colocar toda a sua força ou técnica em prática ira machucar os aluno. Agora por outro lado, fora o exagero de violência, o Karate e uma arte MARCIAL e assim deve ser vista, se o pai ou aluno não quer tomar uns socos vez ou outra deve procurar um karate estritamente esportivo, que e o caso da minha cidade, Guarujá – litoral de São Paulo, aqui todas as academias são karate esportivo, ou melhor não são Karate, ninguem usa um makiwara, nem ao menos um saco de pancada o contato e totalmente proibido, seja ele em um aluno ou em um aparador de chute, os alunos não tem condições de aplicar um soco em algo sem machucar a mão ou o pulso, isso porque nunca socaram nada na vida de ” lutador”. Até a academia onde eu treinava que costumava ter um treino forte, quando voltei a treinar fui repreendido por chutar com contato, e não forte, em um saco de pancada. Me digam como isso pode ser uma arte marcial. Estou sem academia e desestimulado. A algum tempo participei do treino do Sensei Roberto Sant Anna e Sensei Richard Amos, viajei 8 horas de onibus para treinar Karate de verdade, não aguento mais essa geração MMA de televisão que acha super legal as lutas mais querem treinar sem tomar um soco sequer.

    Digo que o excesso e a possivel falsificação de diplomas devem ser investigados, mais Karate e ARTE MARCIAL. Se quer treinar mole vai fazer lambaerobica. Oss

    Miguel Oliveira, 31, Guarujá-SP

    Curtir

  13. glauco eduardo silva

    Ossu!!

    Este profº,nem sei se podemos usar este nome para um cidadão desses, nem sabe o que é Karate-do,isso é agressao fisica,é previsto no Codigo Penal Brasileiro.Cadeia neste covarde!!!!

    Será que ele aceita fazer um jyiu kumite com outro faixa-preta de Karate-do?????

    Ossu!!!

    Curtir

  14. Igor Pedreira

    Parabéns Pinto.
    Karate news gigante esse, valeu.

    Curtir

  15. Ótimo Karate news, lembrou até a época dos podcasts.
    Ótimas discussões!

    Curtir

  16. O john Santa Rosa já quebrou a cara de vários faixas pretas em diversos campeonatos inclusive fora do Pará e tive a oportunidade de ver ao vivo. Glauco Eduardo Silva o John ou o Johnny quebrariam fácil a sua cara, vc seria mais um faixa preta a apanhar pra eles como tantos outros inclusive todos os irmãos Machida.

    Curtir

  17. Eu já fui aluno dele em Roraima nos anos de 2005 a 2007 e nunca tive nenhuma lesão ou fratura, as vezes que isso aconteceu com algumas pessoas foram acidentes causados por outros alunos não sei se essas carteirinhas que ele forneceu são falsas mas os meus certificados que recebi dele são verdadeiros isso eu garanto. Os Santa Rosa sempre tiveram uma atitude ousada o que levou pessoas nas federações paraenses a confundir isso com indisciplina, eles podem ser arrogantes mas indisciplinados nunca, eles sempre foram muito odiados por alguns professores paraenses, aqui em Roraima eles nunca tiveram nenhum tipo de problema com a federação local e inclusive sempre foram admirados enquanto moraram aqui a verdade é que pessoas nas federações paraenses têm rixa com eles.

    Curtir

  18. O John Santa Rosa tem mania de dar xeroxes enquanto o presidente não assina as originais, depois que assina ele pede de volta as xeroxes e dá as originais, o problema é que baniram eles sem avisar numa clara tentativa de prejudicá-los… se eles questionam o caráter dos Santa Rosa eu ouso questionar o caráter dos representantes das federações paraenses.

    Curtir

  19. O que houve com meus comentários? Vc não está aceitando comentários que defendam os senseis Santa Rosa? O john e o Johnny nunca tiveram problemas com a federação Roraimense de Karatê parece que a rixa é algo pessoal por parte vários representantes dessa federação paraense… corporativismo barato.

    Curtir

  20. Esse comentário não foi feito pra ser publicado mas é direcionado a você moderador eu estou falando com vc.

    Curtir

  21. Vou contar uma historinha ao moderador: Karatecas de araque apareceram aos montes condenando a “atitude agressiva” dos irmãos Santa Rosa, eles falam de “não violência” de conter o “espírito de agressão”. Essas mesmas pessoas que falaram isso fizeram comentários do tipo: “Eles são dois vermes, lixos e mereciam nascer morto e ainda tem filhos da puta” ou “é pô mas se o seu sensei pisar na sua cabeça, duvido você não quebrar os dentes dele” ou ainda “Esse “professor” merece 10 tapas na cara e meio metro de piroca no cú!” esses são comentários de karatecas que condenam a violência do John Michel… Mas os críticos mais ferrenhos são os que menos sabem o que é conter o “espírito de agressão”, eu fui aluno dos Santa Rosa levei pisada na cabeça, no pescoço, joelhada, e entre outras coisas mas nunca saí ferido ou com fratura. Cheguei ao ponto de receber esses tipos de golpes não sentir raiva ou vontade de revidar ao contrário do indivíduo que disse “é pô mas se o seu sensei pisar na sua cabeça, duvido você não quebrar os dentes dele” no youtube… isso porque ele contém o “espírito de agressão” pura hipocrisia das mais baratas. Corte meus comentários a vontade não vai me surpreender com sua mesquinhez e total parcialidade nos comentários do seu blog que só permite comentários que defendem apenas um lado da história…

    Curtir

    • Velascus, só hoje eu entrei no blog e vi os seus comentários. Não faça o mesmo papel que os críticos do seu sensei, pois você está ,e julgando sem me conhecer somente por que eu demorei ä publicar seus comentários.
      E sim, eles foram agressivos e charlatões, agora você vá ao Delegado que abriu o inquérito e diga que ele é delegado de araque, que está perseguindo os Santa Rosa eo chame de hipócrita, PORQUE O DELEGADO TEM AS MESMAS OPIONIÕES QUE A NOSSA, ASSIM COMO O PROMOTOR PÚBLICO!
      Sem mais!

      Curtir

  22. Pensei que eles tinham sido cortados pois eles tinham sumido algumas horas depois que eu comentei…

    Curtir

  1. Pingback: Resumão – de 20/01 a 21/01 – Parte 2TeiaCast | Os Melhores Podcasts Você Encontra Aqui | TeiaCast | Os Melhores Podcasts Você Encontra Aqui

Deixe sua opinião por favor. Oss!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: