MINUTO KARATE # 03 – Tiago Frosi

Levante agora e vamos queimar aquela cerveja do carnaval com o nosso Minuto Karate de hoje!

Tiago Frosi sensei  mostrando a aplicação funcional do Takyoku Nidan.

Pinto karate dojo no Twitter

Pagina do Facebook

Perfil de Tiago Frosi sensei no Facebook

Nosso Video Cast

E VOCÊ, JÁ TREINOU KARATE HOJE?!

Oss!

Gostou?  Então nos ajude a divulgar no Facebook , Twitter e em outros mais clicando aqui em baixo. Isso é importante para manter o blog!

29 comentários sobre “MINUTO KARATE # 03 – Tiago Frosi

  1. Sensei Tiago Frosi em ação!

    Parabéns pelo “zoom” da aplicação.

    O “dida”, ex-treinador (ou treinador ainda?) do Shogun mostrava uma técnica como sendo deles ou típica do time deles de luta o soco direto em resposta a um direto recebido. Tal soco direto era aplicado de forma a ser tanto um ataque como defesa. Porém temos isto no karatê já há um bom tempo…rs. Basta bons professores como você lembrar-nos disso.

    Com essa sua demonstração, fica claro o que meu sensei também diz nas aulas: “cada movimento que supostamente seja entendido como ataque, pode também servir como defesa”.

    Só uma dúvida: no post está escrito “takyoku shodan” e você diz “… nidan”. Ou eu que estou ouvindo coisas?

    []´s
    BigBoy

    Curtir

  2. Oss Tiago Sensei

    mais uma boa apresentação didatica…..

    só para sacanear : não era um minuto ? rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…..

    Oss
    alberto

    Curtir

    1. Na verdade isso nao e um treino, é uma explicação . Na verdade também ,esse vídeo foi um piloto que o Tiagão fez pra a gente testar câmera,som e local. O problema é que diferente do Japão ,onde eu tenho pelo menos uns 10 locais na rua de casa para gravar, o Tiago tem que locar o espaço , e nem sempre tem vagas . Acabou nao tendo tempo de fazer o vídeo definitivo e resolvemos soltar esse aí. Mas nao se preocupe que os outros irão seguir o figurino,apesar de que nao muda muita coisa na técnica . Oss!

      Curtir

    2. Osu! Ferreira

      Como o Daniel explicou isso era pra ser um vídeo teste, depois de termos tirado nossos uniformes, mas com a correria e pra não atrasar a postagem mandamos esse vídeo mesmo, não te preocupa que pra tu não reclamar no próximo eu coloco o do-gi completo hehehehe

      abraços,

      Tiago

      Curtir

  3. Tiago Frosi sensei mostrando a aplicação funcional do Takyoku shodan.

    gostei e me senti em casa!!!
    esta semana que passou,tive aplicações semelhantes em meu Dojo…..
    interessante como há uma diversificação do Shotokan com Shotokai.
    Oss

    Curtir

  4. Pinto San… Não se preocupe.

    Esta mística do “gi” é importante sim, mas não pode ser encarada como condição de treinar/exibir o Karate Do.

    Funakoshi já dizia que as vantagens/facilidades de treinar o Karate Do eram:

    * Poder treinar sozinho;
    * Não ter uma área/espaço específico;
    * Não precisar de roupas especiais.

    O melhor “gashuko” do Brasil – para mim – é o do Watanabe Sensei (onde estão presentes Inoki, Tanaka, Arrigoni dentre outros mestres) e não se usa Gi, hora nenhuma…

    Abçs, Oss!

    Curtir

  5. O melhor “gashuko” do Brasil – para mim – é o do Watanabe Sensei (onde estão presentes Inoki, Tanaka, Arrigoni dentre outros mestres) e não se usa Gi, hora nenhuma…

    mentira

    Curtir

  6. Show de bola o vídeo. O Minuto Karate está muito bom e melhorando cada vez mais.
    Parabéns e obrigado ao Thiago e ao Daniel.
    Oss!

    Curtir

  7. Muito bom o vídeo! Parabéns pela iniciativa e aguardo anciosamente os vídeos dos heians… Precisamos resgatar o estudo dos katas e lembrar que kata não se trata de apresentação de técnicas, mas sim de técnicas de defesa pessoal criadas pelos antigos mestres e como forma de preservar tais técnicas foram codificadas sob tais “formas” que eram ensinadas, estudadas e aplicadas durante os treinos.
    Quanto ao Gi vale lembrar que o atual Gi que utilizamos é algo relativamente recente na história do Karate-Do, salvo me engano da década de 1930, quando a adoção do mesmo foi exigida pelo organismo/associação que tomava conta das artes marciais no Japão (acho que Butoku-kai, me corrijam se estiver errado) para aceitá-lo. E de outro lado temos que lembrar que na rua, onde efetivamente acontecerão situações em que precisaremos utilizar tais técnicas, ninguém estará utilizando Gi. Oss!!!

    Curtir

  8. Acho legal uma criançada adora discutir sobre a falta ou não do dogi, mas falar sobre as técnicas em si não querem e como foi dito ali no outro post, na hora do pega pra capar vc não vai ter uma cabine telefônica para trocar sua roupa de trabalho pelo uniforme de super herói (tem gente que acha que qdo coloca um dogi e amarra a faixa vira herói de quadrinhos).

    Curtir

Deixe sua opinião por favor. Oss!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s