SEU LIVRO DE KARATE !

Como era mesmo?
Como era mesmo?

Meu poste hoje será curto , mas achei importante passar isso para você. O poder da mente é fascinante e desconhecido por muitos , mas uma coisa a humanidade sabe, a mente “falha”, nos deixa na mão quando mais precisamos, leva nossas lembranças tão facilmente que chegamos a pensar que nunca tivemos tais recordações. Acho que foi partindo disso que a humanidade resolveu catalogar todas as suas lembranças (história, arte, conhecimento , cultura, etc) como forma de contornar o “poder do esquecimento”, manuscritos em pergaminhos, livros , fitas magnéticas, disckets, CD’s e toda a parafernalha que vemos na nossa frente neste exato momento enquanto lemos este poste. Você faz o mesmo!? No ano de 2001, em um curso de karate, me perguntaram se eu tinha um livro de karate , nesse momento eu vasculhei a minha tão “falha mente” e respondi de imediato SIM!!!

Livro do Pinto heheheh

A segunda pergunta foi mais estranha . – Como é seu livro de karate ?! Como é?! Como assim!? Talvez por se tratar de um japonês falando um português com um sotaque pesado ou talvez nós não estivéssemos falando do mesmo assunto, mas como eu tinha sido o único a ser indagado, estufei o peito e citei meia dúzia de livros de karate que eu julgava importante, até que fui interrompido . – Nô, nô, nô! pergunto do seu “rivuro”,ô você nô “escureve” o que você “apurende”? Só me restou baixar a cabeça e escutar o sermão de Machida sensei , depois de me tratar pelo carinhoso adjetivo de “besta” com aquele sotaque engraçado. Ele mostrou a importância de ter sua biblioteca de conhecimento, tudo que você aprendeu deve ser registrado não só na mente, mas de outra forma que ajude na hora que o seu “HD” cerebral mostre “uma tela azul”.

livro-kanku-dai

Machida sensei falou que ele tinha “seu livro de karate”, um diário onde ele anotava o que aprendeu , suas descobertas e seus “causos”. A princípio eu achei que seria demais para mim, um mero “mortal do karate” ter meu livro , mas pensei por que não ? Pois eu também aprendia um pouco a cada dia, e por diversas vezes fiquei preso a um movimento errado ou uma forma errada por conta da falta de memória , pois eu tinha tudo aquilo que estava fazendo em minha cabeça, mas só não sabia onde tinha guardado, como acontece no meu quarto quando estou procurando aquelas malditas pilhas palitos que comprei para essa porcaria de teclado que insiste em falhar! RAIOS ! (socando o teclado como se fosse a makiwara). Passei desde então a escrever o que eu achava importante e que poderia esquecer com os anos, mesmo que meus sempai achasse aquilo muita presunção de minha parte , um simples faixa marrom ter um diário de técnicas de karate. Bem , hoje eu estou feliz por não ter dado ouvidos a eles. Mas somente aqui no Japão eu passei a escrever tudo no meu livro de karate, o meu “querido diário” hehehe,a experiência é ótima, ainda mais quando você o folheia à procura daquele detalhe esquecido e acaba impressionado com a quantidade de coisas que você aprendeu e esqueceu.

Claro que existem muitos livros de qualidade, varias fontes onde você podelivros-de-karate-colecao recorrer e outros meios de informações sobre esse assunto,a internet é uma delas (cuidado com o que encontra por ai ), mas ter uma fonte feita por você, que atende as suas necessidades, com uma linguagem de fácil entendimento já que o próprio autor é o principal leitor, isso nem o MASTER CARD paga!

Escreva sua história também.

Abraços.

Oss!

Sobre Pinto San

Estudante de karate há quase 20 anos, amante da cultura japonesa desde os 8 anos de idade e viciado em lámem. Casado com Priscilla Pinto ( filha de japonês), decidimos vir para o Japão pra levantar uma grana trabalhando nas terríveis fábricas japonesas, e treinar muito karate. Treino em um pequeno Dojo no interior do Japão, mas todos os anos em embarco em aventuras pelo país/ilha, procurando os melhores dojo de shotokan para aprender mais karate. Meu objetivo é simples, ser o melhor karateka do mundo! Claro que isso é impossível, mas no fim das contas o mais importante mesmo é a jornada.

Publicado em 27/02/2009, em Cotidiano, Nossos Colunistas, Pinto San. Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. ÁLVARO REIS

    Pinto-san:
    Parabéns pelo blog e muito obrigado por compartilhar ótimas dicas de treino e muitas informações úteis, a todos os karatecas!
    Que em breve dê tudo certo aí no Japão e vc possa ser um dos mais novos instrutores oficiais da JKA!
    Abraço
    OSS!

    Curtir

  2. PEDRO ALBERTO ALVES COSTA

    MARAVILHOSO, COMO POSO ADQUIRILO.

    Curtir

  3. OSS meu brother! Cara, comentando um post antigo seu. Estou com essa idéia de fazer esse meio que diário e tal, mas sabe como é, sou Analista de Sistemas e penso logo em criar um sistema para isso, mas eu também sou Old School então gostaria de escrever mesmo, mas por incrível que pareça eu não sei por onde começar, o que escrever e o pior de tudo, como organizar isso tudo. Vc tem alguma dica, um exemplo do seu prório livro, sei lá. Toda ajuda é bem vinda.
    Desde já agradeço a sua ajuda.
    OSSSS.

    Curtir

    • Hum! É uma idéia boa. Vou trabalhar num ” tutorial” baseado no meu livro e posto . Só me dá um tempo pra isso. Por enquanto vá escrevendo as técnicas que atualmente vc está fazendo bem, anote todos os detalhe, a forma d etreino que vc usou para desenvolver e lapidar ela, os pontos importantes (aqueles detalhestipo, um pé que gira antes de aplicar, uma mão que avança antes do golpe, essas coisas assim). E sempre leve ele para os cursos que vc for. Oss!

      Curtir

  4. eu gostaria de comprar o eu livro.como posso adquirir?. oss

    Curtir

  5. ainda não conheço á sua obra.

    Curtir

  6. ja podia tar noseg ou terc dâmas faz 16 anos qwe parei tive qwe cuidar a mae . vou batalhar o primeiro dâ.oss!

    Curtir

Deixe sua opinião por favor. Oss!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: