BASTIDORES DO MUNDIAL JKA 2014 – 1º Parte.

Seleção Brasileira JKA

Seleção Brasileira JKA no 13º Gichin Funakoshi Cup

E lá se foi mais um Gichin Funakoshi Cup, o Mundial da JKA, e fizemos o possível para trazer boa parte do que rolou nesse evento que teve sua edição de 2014 na meca das artes marciais japonesas, o Nippon Budokan.

Antes dos resultados, vamos falar um pouco da estrutura do evento. Na minha opinião foi semi-impecável, não fosse pelos pequenos problemas que já falamos aqui, tal como uma transmissão oficial ao vivo do evento que poderia ter sido feita pela própria JKA e exibida em seu site, que alias foi remodelado. Mas na segunda-feira seguinte ao evento, os vídeos das finais já estavam disponibilizados no youtube, pela própria JKA, e com qualidade impecável. Bem melhor que a nossa…
Outro problema foi a estrutura para os atletas no requisito refeição! A maioria das delegações estavam hospedadas bem próximas ao Budokan, facilitando muito o acesso que era feito a pé, com caminhadas que não passavam mais do que 15 minutos. Mas faltou como sempre, um bom lugar para almoçar. Muita gente, inclusive atletas, tiveram que se render aos MacDonald, pequenos Lamen Ya ( restaurantes de lámem), ou aquela velha cantina na entrada principal do ginásio. Paguei $10 dólares por 2 sanduiches e $1,60 por uma garrafa de chá de 500 ml, que normalmente custa $1,00.

Nosso vice campeão juvenil

Bernardo – Nosso vice campeão juvenil

Mas vamos à competição. O Brasil, apesar de ter feito bonito em muitas categorias, levou apenas uma medalha de prata no mundial juvenil que ocorreu na sexta (17). Bernardo Torres, da academia M.A Fighter Karate Top Team, ficou em segundo lugar no kumite 14 anos. Ainda no Juvenil tivemos a Cristiane Babinski, que ficou entre as 16 melhores no Kata e kumite, tendo sido eliminada pelas japonesas. Ainda tivemos o Rodon Caiado, do Dojo Kanashiro, que ficou entre os 8 melhores na categoria 12 anos. Tendo sido eliminado pelo japonês que se sagrou campeão.

EQUIPE UNIDA

EQUIPE UNIDA!

 No Mundial adulto, o Brasil mostrou garra e porrada, especialmente no kumite equipe masculino e feminino. Os nossos vice-campeões começaram impondo um 4×1 em cima da Noroega. Esse placar foi inaugurado por um belo ippon de kizame tsuki de Jayme Sandall, ainda tivemos belas lutas com Diego, Cabral, Fabio Simões e Rafael. Infelizmente o resultado não foi repetido na segunda disputa.

A Inglaterra não parecia ser um adversário à altura, mesmo tendo Richard Heselton, um dos técnicos do time de karate da Takudai, mas acabou surpreendendo o Brasil. Na minha opinião, somente 2 dos 5 atletas da Inglaterra ofereciam perigo, mas o que faltou em técnica, sobrou em estratégia. A Inglaterra atrapalhou a maioria do jogo de nossos atletas. O Brasil mostrou superioridade em karate, com as lutas de Cabral, que levou o Richard ao chão duas vezes, e com a tranqüilidade de Fábio Simões, que aplicou excelentes porradas com o seu ” jeito Go No Sen” de ser. Da arquibancada, dava pra escutar os gyaku tsuki explodindo no adversário do Fabinho.
Mas poucos golpes foram encaixados como pontos, e fomos eliminados pelo time da rainha por 2×1.

Manuela Spessatto - 5º melhor kata do mundo / JKA

Manuela Spessatto – 5º melhor kata do mundo / JKA

No Kumite equipe feminino, Manuela, Cristiane e Hanna, passaram por duas rodadas na eliminatória, mas a Inglaterra mostrou ser uma pedra no nosso caminho, e acabou tirando a nossa equipe nas quartas de finais.
A karateka Manuela Spessatto ficou em quinto lugar no kata individual, sendo a única brasileira na história da JKA, a chegar entre as 8 melhores na categoria em um mundial.
Infelizmente não conseguimos conversar com ela após a final devido a correria para cobrir o evento. Mas ao fim da sua apresentação, a emoção foi demonstrada com um caloroso abraço entre atleta e técnico ( Manuela e Rafael). Aquele ato mostrava o fim de um dia de estresse e dever cumprido.

Equipes de Kata do Brasil, no Dojo de Serizawa sensei - Gotemba

Equipes de Kata do Brasil no Dojo de Serizawa sensei – Gotemba

A equipe de kata masculino, composta por Andrew Marques, Rodrigo Alves e Marcel Raimo, não se classificou, o que foi uma pena, pois os meninos fizeram o seu melhor desde que colocaram os pés no Japão. O treinamento pelo qual as equipes de kata masculino quanto feminino passaram, foi digno de uma seleção nacional. Todos estão de parabéns!
Falando em treino, eu tenho algo para reclamar ( CLARO!), mas  irei dar mais detalhes no próximo Karate Kast desta semana.
Na noite de sexta (17), a seleção brasileira “ganhou um presente” da direção, uma visita/treino ao clube de karate da Universidade Kokushikan, um dos mais famosos clubes de karate do Japão. Foram 40 karateka faixas-preta, esperando de braços abertos nossa seleção. No treinamento era enfatizando o tempo de entrada, mas sem contato, já que dentro de ALGUMAS HORAS, nossos karateka iriam disputar um Mundial QUE ACONTECE A CADA DOIS ANOS!
Mesmo com nenhum contato, o treino foi intenso, sendo conduzido por Yamamoto sensei, um dos técnico da seleção japonesa de karate da JKF, e por Wagner Pereira, técnico da equipe de Kumite do Brasil. Não é preciso dizer a felicidade de Wagner sensei, mas isso também iremos falar no próximo programa.

Treino especial com o time de Karate da Univ. Kokushikan horas antes do Mundial...

Treino especial na Univ. Kokushikan horas antes do Mundial…

Acredito que um treino deste gabarito, em um dojo famoso e sendo conduzido por uma das lendas do karate da JKA , foi proveitoso  mas ao mesmo tempo cansativo para atletas, que iria competir em um evento importantíssimo dentro de algumas horas. Tempo insuficiente para a recuperação, lembrando que a seleção já estava há uma semana passando por treinamento forte na Cidade de Gotemba, sob a supervisão de Serizawa sensei.
Mesmo alguns atletas tendo o costume de treinar diariamente, acredito que um descanso de alguns dias antes do evento poderia ser mais proveitoso à nossa seleção.
Pelos corredores do Nippon Budokan, o boato era de que a equipe japonesa estava há 2 semanas descansando para mundial…
Mas nossa seleção brasileira é composta não só por atletas, mas também por karateka com coração de guerreiros, e se mantiveram firmes até o fim.

Diego e "Andrezão"- Univ.  Kokushikan

Diego e “Andrezão”- Univ. Kokushikan

Nosso seleção conseguiu apenas uma medalha, mas com certeza estão levando uma experiência inesquecível que pode mudar não só a vida deles , como também o futuro do karate JKA do Brasil, assim espero.
O contado com a cultura japonesa, os dias de treino e uma participação em um Mundial no berço de nossa arte, é algo impactante para qualquer karateka. Falo isso baseado na minha experiência adquirida nesses quase 10 anos que moro aqui.
PARABÉNS À TODOS E TORÇO PARA QUE USEM ISSO DA MELHOR FORMA POSSÍVEL!

Por fim, a competição foi um show  da equipe Japonesa, com alguns lances duvidosos por parte da arbitragem, coisa costumeira. Quem acompanhou o mundial através da nossa transmissão, com certeza notou alguns erros, mas enquanto houver as regras subjetivas dos competições de semi contato, a margem de erros será grande. Mas isso é uma outra história…
No site oficial da JKA Japão, você pode ver o resultado geral do mundial juvenil e adulto. E aqui iremos deixar o resultado parcial.
Obrigado a todos que acompanharam toda nossa aventura na cobertura desse evento, e não se engane, ainda teremos mais material sobre esse assunto com entrevistas exclusivas e muito mais conversa sobre o que aconteceu lá.
Uma abraço e até a próxima. Oss!IMG_6358

TRANSMISSÃO- MUNDIAL DE KARATE JKA 2014


Broadcast live streaming video on Ustream

KARATE KAST #26 – Resultados do sabado


KIMONOS KENSHUSEI — http://loja.kenshuseikarate.com.br/main.ecm

NOSSOS LINKS -

- Pinto karate dojo no Twitter = http://migre.me/8YDpu

- Pagina do Facebook = http://migre.me/8YDqs

- Canal do Videocast no Youtube = http://migre.me/8YDrP

- Canal do minuto Karate = http://migre.me/8YDuD

Mande suas críticas e sugestões para nosso video cast — pintokaratedojo@hotmail.com
Gostou? Então clica nesses botões aqui em baixo!

KARATE KAST # 25 – Noticias sobre o Mundial JKA 2014


5º MUNDIAL WUKF INFANTO-JUVENIL NA POLÔNIA

KIMONOS KENSHUSEI — http://loja.kenshuseikarate.com.br/main.ecm

NOSSOS LINKS -

- Pinto karate dojo no Twitter = http://migre.me/8YDpu

- Pagina do Facebook = http://migre.me/8YDqs

- Canal do Videocast no Youtube = http://migre.me/8YDrP

- Canal do minuto Karate = http://migre.me/8YDuD

Mande suas críticas e sugestões para nosso video cast — pintokaratedojo@hotmail.com
Gostou? Então clica nesses botões aqui em baixo!

PINTO KARATE CAST # 32 – Ao vivo (teste)!

Clica na foto e vamos gravar!

Clica na foto e vamos gravar!

VOCÊ PERDEU!
Mas está aqui o Cast ao vivo que serviu para testar nossos equipamentos. infelizmente não conseguimos fazer o podcast direto de Tokyo com os atletas da seleção Brasileira, mas a gente vai dar um jeito depois.
Nesse cast de hoje,vamos conversar mais sobre o mundial e o treino de intercâmbio que nossa seleção participou junto com os japoneses na cidade de Gotenba.
Oss!

P.S Por ser um teste ao vivo, não teve aquela qualidade, mas acho que o material compensa.

LINKS

-KIMONOS KENSHUSEI

- Materia sobre o nome certo da vestimenta de karate.

- Facebook de Victor Passos sensei

-Facebook de Luciano Gonçalves  sensei

- Site da Bujinkan Brasil

Mande suas críticas, elogios e sugestões para contato@pintokaratedojo.com

“Siga o Pinto ” no Twitter @Pintosan ou @pintokaratedojo

- Pagina do facebook Pinto Karate Dojo

- Pagina do facebook  Kenshusei

 Clique com o botão direito do mouse e em “salvar link como”

Download melhor qualidade 128 kbps –45Mb [48:28min]

Gostou? Clica nesses botões ai em baixo

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.499 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: